SOBRE O RANKING

O Ranking de Competitividade dos Estados é uma ferramenta já conhecida e de grande relevância, que visa apoiar os líderes públicos brasileiros nas tomadas de decisão, com foco na melhoria da gestão dos seus Estados (CLP, 2021).

Por meio da metodologia SEALL, o Ranking dos Estados ganhou uma expansão, com a incorporação de métricas de sustentabilidade. É a oportunidade de fomentar boas práticas para uma competição saudável rumo a justiça, equidade e desenvolvimento sustentável.

Os 86 indicadores adotados e avaliados no Ranking de Competitividade dos Estados foram utilizados como forma de mensuração de dois conjuntos de avaliação em sustentabilidade bem conhecidos e validadas no mercado: os critérios ESG (sigla em inglês que quer dizer ambiental, social e governança) e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

OBJETIVOS

O objetivo do Ranking de Sustentabilidade dos Estados é oferecer ao setor público uma ferramenta exclusiva, com métricas já difundidas no setor privado, para nortear e avaliar ações no âmbito da sustentabilidade.

A inserção das organizações públicas nessa temática se torna cada dia mais necessária e urgente, especialmente no que diz respeito à captação de recursos e materialização de novos investimentos.

Sabemos que os governos são atores fundamentais na materialização do desenvolvimento sustentável em seus territórios, sendo agentes de transformação essenciais para que a Agenda 2030 seja cumprida. (PNUD, 2016).

Os governos locais e regionais estão em posição privilegiada para atuar na conscientização da população, ao mesmo tempo em que podem ser ponte entre os governos centrais e organizações da sociedade civil, do setor privado e academia, endereçando o tema da sustentabilidade como valor fundamental para o desenvolvimento.

PROPOSTAS PRIORITÁRIAS

O Ranking de Competitividade é uma ferramenta que busca pautar a atuação dos líderes públicos brasileiros na melhoria da competitividade dos seus estados. A partir da análise do conjunto de 10 pilares, o Ranking fornece uma visão sistêmica da gestão pública estadual.

Propostas prioritárias do Ranking de Competitividade dos Estados:

  • Ferramenta de avaliação da Administração Pública

    O Ranking é um sistema de avaliação da administração pública. Com isso, a população pode avaliar a gestão do seu estado.

  • Sistema de incentivo para os líderes públicos

    O Ranking de Competitividade estimula os estados e os líderes públicos a buscarem inovações e melhorias nos pilares e indicadores avaliados.

  • Promoção de boas práticas

    As referências dos países da OCDE permitem que os estados busquem boas práticas internacionais e as apliquem ao contexto dos seus estados.

  • Diagnosticar e eleger prioridades

    Atuando como poderosa ferramenta de gestão, o Ranking fornece as bases para um diagnóstico preciso e auxilia os líderes públicos na construção de políticas públicas assertivas, além de auxiliar empresas e empreendedores a destinar seus investimentos para as localidades mais adequadas.